domingo, 15 de janeiro de 2012

O irmão dormiu, estrelando meus sobrinhos

- O irmão dormiu, - meu sobrinho menor falou observando o maiorzinho aconchegado nas cadeiras que ficam na varanda de casa.
- Não dormiu não, ele está fingindo. - eu falei em seguida.
- Dormiu sim. Não é?! Quando eu tava conversando com ele, ele parou de responder.
E à risada eu emendei: - É assim que você sabe que ele dormiu? Quando ele pára de te responder?

Rsssssssssssssss.

Bom dia!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço por visitar o blog Ah, Poesia! Deixe sua mensagem a respeito do que leu aqui. Volte Sempre! Abraços poéticos.