segunda-feira, 23 de julho de 2012

Teclas sorrindo para estas mãos


Image from: sxc.hu

A um toque seu

(Para o meu querido)

Teclas sorrindo para estas mãos
Uma variação dos delírios que a tua entrega me causa
O suave hálito inclinando-me em seus braços, sou ponte
Doces vales e montes que percorremos juntos

Eu posso até me jogar sobre o piano
Sou plano com teus planos
Não há nada mais que eu queira, senão deixar que me envolvas
E ser a noite serena que vem dar descanso ao dia

Sou inteiramente o pulsar pelo teu colo e consolo
Pena a sussurrar à tua escrita
Sou o conteúdo do teu coração e assim o meu
O aquietar de desejos a um toque seu.

22/07/2012, 05:10.

6 comentários:

  1. "Pena a sussurrar à tua escrita"
    totalmente demais rs;) Lindo!

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Bruno. Abraço de poesia.

      Excluir
  2. Linda poesia, sempre!

    Piano - teclas musicais...
    Teclado do pc, teclas banais?
    To brincando contigo rsrs

    Que os dedos no teclado cantem o que na voz calou-se talvez por desesperança - inverno desânimo que insistiu em congelar a primavera... E que de olhos abertos as letras não se confundam tanto quanto o coração desenganando a hora de colher o amor, pois de olhos fechados perde-se o rumo, o chão, um mundo inteiro! Então que a poesia seja luz, sol, calor ao campo - derretido asfalto, onde rimas sementes florescerão suas líricas vontades.

    Líricas vontades - Bruno Gaspari;)

    ResponderExcluir
  3. Bela obra, poética, suave, sensível.
    Grande abraço e sucesso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Evandro. Bom receber sua visita e comentário. Fico contente que tenha gostado. Venha sempre! Abraço de poesia!

      Excluir

Agradeço por visitar o blog Ah, Poesia! Deixe sua mensagem a respeito do que leu aqui. Volte Sempre! Abraços poéticos.