domingo, 14 de outubro de 2012

Eu esperei que aquelas mãos ficassem menos ásperas



Image from: sxc.hu

Fator Veludo

Jacqueline Collodo Gomes

Eu esperei que aquelas mãos ficassem menos ásperas.
Não foi assim. Não aconteceu.

E eu não podia lhe dar mais palavras do que à ocasião convinha.
E lia isto também no olhar revidado ao meu.

Foram faixas e faixas de trechos de Shakespeare.
Final de evento, frases pensas pelo salão...

Não. As mãos não podiam ser nunca suaves
como o aveludado cetim iluminado
dono deste inocente coração.

14/10/2012, 01:17.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço por visitar o blog Ah, Poesia! Deixe sua mensagem a respeito do que leu aqui. Volte Sempre! Abraços poéticos.