quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

...brisa virando água gelada...



















Image from: sxc.hu

Mais uma vez

Jacqueline Collodo Gomes

Foi uma onda, assim
trazendo um novo aroma
desavisada, brincando escuna
brisa virando água gelada
e passou. Passada.
Ficou a face baixa,
o choro em faixa
e a falta de lugar.

12/12/2012, 02:12.


Velha ventania

Jacqueline Collodo Gomes

No papel em que puseste os traçados do meu rosto
quem te disse "a própria milha"?
Quem te disse "Mór assombro"?

Quem te disse que podias? Quando o meu nome destacado,
quem te disse "tronco e enfado"?
Quem te disse "agonias"?

Uma velha ventania
testando a bons troncos.

12/12/2012, 02:20.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço por visitar o blog Ah, Poesia! Deixe sua mensagem a respeito do que leu aqui. Volte Sempre! Abraços poéticos.