segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

E a cada cílios que do segundo faz sua fugidinha...














Image from: sxc.hu

Feita de Poesia

Jacqueline Collodo Gomes

Eu gosto de ser feita de poesia.
Eu não preciso falar nada. Explicar nada. Citar nada. E nem ninguém.
Levantar bandeira de autores. Vasculhar os perrengues da língua portuguesa.
Nem ditar se o céu tem cor de framboesa. Amora ou sabor de arroz doce.
Se as estrelas são uma farofinha solta pelo clima...
Dos braços esticados, um ao outro,
E a cada cílios que do segundo faz sua fugidinha...
Eu sou feita de poesia.

12/12/2012. 02:36.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço por visitar o blog Ah, Poesia! Deixe sua mensagem a respeito do que leu aqui. Volte Sempre! Abraços poéticos.