domingo, 23 de junho de 2013

Abrace-me quando eu me deitar

Image from: sxc.hu

Abrace-me Quando Eu Me Deitar

- Jacqueline Collodo Gomes

Abrace-me quando eu me deitar
Como se eu fosse a pétala, você a flor
Que me acolhe quando chega a geada
há poucas horas que se tenha feito noite.

E, ao nascer do sol, quando o orvalho é conferido
Veja-se teus muros, levemente queimados por abrigo
E, entre eles, esta pétala intacta
Cuidada muito mais que por motivo de geada
Um tratar que de impérios se difere
- Que a esta pétala nada fere.

...
"Dos teus braços é o que mais preciso."

05:04, 22/06/2013.


º Esta autora possui um livro de poesias para ser baixado gratuitamente! Baixe agora:

"Oceanos Inteiros e Outras Poesias", Jacqueline Collodo Gomes. 

Primeira coletânea de poesias de temas variados, de autoria de Jacqueline Collodo Gomes, que pode ser baixada gratuitamente ou lida online, em computador, notebook, tablet, celular... Disponível em formato .PDF e .DOC. Com fotos e imagens que complementam de forma especial o espaço de cada poesia, e a apresentação escrita gentilmente por Lucimária Rangel, Psicóloga residente e atuante na cidade de Campinas/SP.

º Versão em .PDF - Necessita de leitor .pdf instalado



º Versão em .DOC - Necessita do editor de textos Word ou compatível instalado

2 comentários:

  1. emocionante amiga... Adoro seu jeito romântico de escrever...
    Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grata pela visita e comentário, Sueli. Que bom que gostou. Um abraço!

      Excluir

Agradeço por visitar o blog Ah, Poesia! Deixe sua mensagem a respeito do que leu aqui. Volte Sempre! Abraços poéticos.