domingo, 21 de julho de 2013

Amizade é tal qual irmãos da mesma mão, do mesmo ser, da mesma hora...

Image from: sxc.hu

Tal Qual É A Amizade

Jacqueline Collodo Gomes

Amizade
é tal qual beijo
dado pela Lua sem pejo
ao Céu,
dado pelo Sol ao Mar
ao léu.

Amizade
é tal qual sublime
perfume de cesta antiga
de vime,
perfume do que é seguro
e redime.

Amizade
é tal qual irmãos
da mesma mão,
do mesmo ser,
da mesma hora.
Aquele que chora
lhe faz saber.

Amizade
é tal qual um
que caminhou
não deixou pra depois,
encontrou um outro
e se tornou dois.
Tal qual toalha de mesa
que une diversas pontas
numa só grandeza.

- Poesia escrita há alguns anos, não sei exatamente a data e o ano, e publicada em revista local, de circulação pelos bairros de Campinas/SP.

Poesia "Em Noites Tristes" na edição 23 do Jornal O Metropolitano

Edição Online do dia 20 de Julho de 2013 do Jornal O Metropolitano

Poesia "Em Noites Tristes", de Jacqueline Collodo Gomes, publicada na edição 23 do Jornal O Metropolitano, na página 6, Caderno de Arte e Cultura - Momento de Poesia.

Veja online neste link: http://issuu.com/o_metropolitano/docs/ed_023

Também disponível na versão impressa. Distribuição gratuita! Procure em um ponto de distribuição. Alguns deles:

º Unidades do Fran's Café, Nico Paneteria no Castelo, Câmara Municipal de Campinas/SP no bairro Ponte Preta, Padaria Norte Sul no Centro, Ventura Mall no bairro Nova Campinas, no Pão de Açúcar do Cambuí, entre outros pontos de distribuição!

Publicação no Jornal O Metropolitano, edição 22

Poesia "Abrace-me Quando Eu me Deitar", de Jacqueline Collodo Gomes, publicada na edição 22, do dia 13 de Julho de 2013, no Jornal O Metropolitano, Caderno Arte e Cultura, página 6.

A edição pode ser conferida online neste link: http://issuu.com/o_metropolitano/docs/ed_022


Próxima participação: edição do dia 20 de Julho de 2013, Sábado. Não perca!

O Jornal O Metropolitano tem edição semanal de 15.000 exemplares, abrangendo diversos bairros da cidade de Campinas/SP e Barão Geraldo, com distribuição gratuita. Todo Sábado uma nova edição do jornal para ser conferida!

Procure nas unidades do Fran's Café, Nico Paneteria no Castelo, Câmara Municipal de Campinas/SP no bairro Ponte Preta, Padaria Norte Sul no Centro, Ventura Mall no bairro Nova Campinas, no Pão de Açúcar do Cambuí, entre outros pontos de distribuição!

segunda-feira, 15 de julho de 2013

Dia do Homem, 15 de Julho

Image from: sxc.hu

Dia do Homem

Jacqueline Collodo Gomes

Alguém postou uma imagem muito bonita nas redes sociais em homenagem ao Dia do Homem, que é hoje, 15 de Julho, e eu procurei e não a encontrei mais para poder compartilhá-la, mas tenho algumas palavras que gostaria de dividir acerca desta data.
Crescer é difícil para todos. Não são as roupas, a maquiagem, os músculos, que determinam se uma moça é de verdade uma mulher, ou se um rapaz é de verdade um homem. Não é ter um registro em carteira, deixar a barba crescer, usar salto alto, que determina que crescemos. Tem esta coisa chamada "atitudes e caráter que correspondam à sua idade", assumir-se adulto - isso sim faz identificarmos quem seguiu junto com os anos, e quem ficou parado ilusoriamente na casa dos vinte e poucos.
É difícil na prática, mas o bonito é crescer! Da mesma forma como é bonito ver uma muda se tornar uma árvore, também é bonito ver uma pessoa atingir os ápices de sua existência, e se tornar como deve ser.
Se você, homem, que está lendo isso, consegue se propôr esse desafio de crescimento diariamente, e é um orgulho para as pessoas que estão ao seu redor por este feito, família, amigos, esposa, namorada, parabéns por este dia! Fica aqui uma singela homenagem, e que você nunca recue, pois a vida, e as pessoas ao seu redor, precisam do que você precisa ser e se tornar a cada dia!
Porque, não sustentar sua idade, bancar o "tiozão", ter mais de trinta anos e se comportar como se ainda estivesse na faixa dos vinte anos, é contar uma mentira diária pra si mesmo, é deixar de se construir como ser existencial, de construir uma vida pra você; é, de fato, se desconstruir e a sua própria imagem. Você não vai ter boa aparência e ser viril para sempre. Tem coisas muito mais valiosas do que jogar tudo em alguns segundos de impulso e prazer do corpo, que o dinheiro não vai poder comprar pra você, quando você se der conta da importância e grandeza delas e de que nada pode substitui-las, e nem os anos se retrocederem para a correção das atitudes e escolhas que te tiraram tudo o que você poderia se tornar. O tempo não volta. Assuma-se! Seja homem, não impulso jogado ao vento, peso, desgosto e infelicidade na memória e nas costas dos outros; uma pessoa em que, no futuro, ninguém se compraza da companhia. Afinal, o tempo já passou! Quantas coisas de quando você era mais novo já nem existem mais! As árvores continuam crescendo. Não fique estacionado mentalmente e emocionalmente em quando você tinha esta idade fixada, já a tanto passada! Seja homem! Torne-se homem!

"Tudo o que fora definido na existência tem a importância de ser, na existência."

15/07/2013, 16:15.

domingo, 14 de julho de 2013

Contorções ventre acima / abdome pedindo respirar

Image from: sxc.hu


º Contorções º

Contorções ventre acima
abdome pedindo respirar
são as dores latentes desta vida
de quem não se suja com o regurgitar.


º Os vazios do mundo º

Os vazios do mundo
e as vazias pessoas do mundo
que se reaproveitam e reaproveitam...
Comem do mesmo vomito insistentemente.


º Hoje, amanhã, e o dia após º

Preencha seus braços com quantos(as) quiser. Isso não vai te fazer ter uma alma.


º É importante ter uma alma... º

... se você não quiser continuar a consumir o que um outro regurgitou.

00:53. 14/07/2013.

E, todas as Sextas, eu te esperava com a mesa pronta

Image from: sxc.hu


E, todas as Sextas...

Jacqueline Collodo Gomes

"Uma mãe sempre é como uma flor para um filho"

E, todas as Sextas, eu te esperava com a mesa pronta
e a maior alegria, e vontade de te abraçar!
Reconhecia teu cheiro da minha existência
a figura na memória a nunca me deixar

Tuas malas guardadas, e um punhado de dias
o espaço do teu descanso, as coisas de rotina
Você estava em casa. E eu, mãe, tão feliz!
Nem me importava com tanto, como outrora já fiz.

Mas o prenúncio das Sextas se abriu como uma cratera.
Findou com uma era. E engole-me um pouco, toda semana.
Desde que a porta não abre, e você não me chama.
É uma dor tão grande que às vezes me tira o reagir.

Você não veio pra casa, quando eu te esperava!
Só me trouxeram a notícia de que você não ia mais vir.
Um bolo absurdo para um filho engolir!
As Quintas e as Sextas estão sem lugar.

14/07/2013, 00:29.

O sol já havia se posto. Mas as cores estavam lá.

Image from: sxc.hu


Estavam lá

Jacqueline Collodo Gomes

O sol já havia se posto.
Mas as cores estavam lá.
E as árvores. E as pessoas.
E os exibicionistas.
E os pregos, infelizmente.

E o denso, que cobriu as cores de informações mais escuras.
E o brilho na folha, lampejo de luz.

E o toque das bicicletas.
E, quem sabe, uma tempestade eminente.

E as águas paradas, quem sabe em prenúncio...

E os telhadinhos de barro.
E tudo outrora denominado,
junto com as cores.

E eu participei.

08/07/13, 18:02.

A solidão cansa. Momentos que não se alcança.

Image from: sxc.hu

A Solidão Cansa

- Jacqueline Collodo Gomes

Mais um final de tarde de Sexta-feira escorrido pela face.
A solidão cansa. Momentos que não se alcança.
A mãe não volta pra casa. A casa dói.

Na vida é tanta distância! O que é que tem importância?
A solidão mói,
...cansa.

18:21, 05/07/2013

"Finais de semana sofridos. Sofridas partidas."

Opinião dos Leitores de "Oceanos Inteiros E Outras Poesias"

Depois de alguns meses do lançamento do meu primeiro E-book "Oceanos Inteiros E Outras Poesias", veja algumas opiniões de quem já o leu, e um material de apresentação especialmente preparado para quem ainda não o leu. O Download do E-book é Gratuito!

(Clique nas imagens para aumentar)


º Oceanos Inteiros e Outras Poesias º

Primeira coletânea de poesias de temas variados, de autoria de Jacqueline Collodo Gomes, que pode ser baixada gratuitamente ou lida online, em computador, notebook, tablet, celular... Disponível em formato .PDF e .DOC. Com fotos e imagens que complementam de forma especial o espaço de cada poesia, e a apresentação escrita gentilmente por Lucimária Rangel, Psicóloga residente e atuante na cidade de Campinas/SP.

Baixe agora:

º Versão em .PDF - Necessita de leitor .pdf instalado

https://sites.google.com/site/ahpoesia/home/OceanosInteiros-JacquelineCollodoGomes.pdf?attredirects=0&d=1


º Versão em .DOC - Necessita do editor de textos Word ou compatível instalado

https://sites.google.com/site/ahpoesia/home/OceanosInteiros-Jacqueline%20Collodo%20Gomes.docx?attredirects=0&d=1

Poesia Grátis em Campinas/SP

Projeto de Distribuição Gratuita de Poesias, sem hora nem local definido para acontecer. Afinal, toda hora é uma boa hora para a poesia!

Seja no mercado, ponto de ônibus, lojas, parques, e outros locais públicos, você pode receber uma poesia para inspirar seu dia!


Se você chegou a este blog por ter recebido uma Poesia Grátis em algum lugar, agradeço pela visita, é muito bem-vindo(a). Volte sempre! E, se quiser, deixe seus comentários.