quarta-feira, 25 de setembro de 2013

"O Mais Importante É O Amor"

Imagem da internet



"O Mais Importante É O Amor"

Jacqueline Collodo Gomes

Na estante do antigo apartamento onde moramos, meus pais, irmãos, e eu, quando eu ainda era pequena, bem na frente, bem à vista, ficava um livro com este título. Velhinho, com a capa surrada, e tinha essa imagem do homem levando o menino nas costas, de cavalinho. O livro só era mexido quando alguém ia tirar o pó da estante, a limpeza semanal e comum de toda casa. E eu, todos os dias, quando ia ver TV, ou me sentar pra fazer alguma refeição, ficava bem de frente pra ele, e mesmo sem ser diretamente, acabava passando os olhos pelo título: O Mais Importante É O Amor. E assim, toda vez que eu me sentia rejeitada pela minha família, ou quando minha mãe discutia comigo, ou meus irmãos me entristeciam, o pensamento de fugir, de odiar, de brigar, nunca durava muito tempo, porque o título sempre me fazia voltar, rever o caminho, rever minhas ações, e deixar pra lá os defeitos de quem tinha me magoado. Eu sempre continuava os amando, mesmo sob as maiores crises, e situações dolorosas, o ensino do título sempre me fazia saber que o mais importante era amar, mesmo quando eu nem sabia direito o que era isso, de fato.
Essa semana eu encontrei esse livro de novo, entre outros livros e pertences familiares. Chorei muito ao pegá-lo nas mãos. Não tive dúvida em trazê-lo comigo. Esse talvez possa ser o maior ensino que minha mãe poderia ter colocado à minha vista. Que, no final de tudo, mesmo sob todas as diferenças, de gostos, de atitudes, de culturas, de existência, o que mais importa é que ninguém fique triste com ninguém, porque o mais importante é amar.

"Quando alguém está triste conosco, ninguém ganha, ninguém tem razão. O Mais Importante É O Amor."

25/09/2013. 01:52.

2 comentários:

  1. Bom dia.

    Que lindo!
    Nostalgia boa, de tudo que é o mais importante e sempre será.
    Amei...

    Feliz primavera.

    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agradeço, Amapola querida!
      Venha sempre.
      Um grande abraço!

      Excluir

Agradeço por visitar o blog Ah, Poesia! Deixe sua mensagem a respeito do que leu aqui. Volte Sempre! Abraços poéticos.